Home office

Home office: como fazer a gestão da equipe nesta modalidade?

Em tempos de pandemia e isolamento social para evitar o contágio pelo novo coronavírus, muitas empresas tiveram que adotar o home office para manter os negócios e estimular a produtividade neste momento tão delicado. No entanto, muitos tomadores de decisão acreditam que o home office impõe desafios para a gestão da equipe.

O home office se tornou uma modalidade de extrema importância para diversas empresas nos dias atuais, independente de porte ou segmento, devido à pandemia do Covid-19. Por isso, muitos sites e blogs estão publicando conteúdos com dicas sobre como aumentar a produtividade no regime de home office. Mas, é preciso ir além nessa reflexão. Como é possível acompanhar o andamento das tarefas dos colaboradores à distância? Será necessário fazer videoconferências diárias para alinhamento ou validar de hora em hora a execução de atividades?

Há uma série de ferramentas e mecanismos que os líderes podem utilizar quando o assunto é o controle das atividades feitas pelo colaborador que está em home office. Entretanto, este é um momento muito complicado para a sociedade em geral e o excesso por parte dos tomadores de decisão pode acabar desgastando a relação com o colaborador. Além das competências técnicas e inteligência emocional, os líderes mais do nunca precisam ter empatia, sensibilidade e mais confiança nos liderados.

Um dos aspectos fundamentais para o êxito do home office é o estabelecimento de uma rotina com a marcação de videoconferências ou calls periódicas em dias e horários combinados. Lembre-se que estas reuniões virtuais devem ser produtivas e não ser marcadas só para dar uma maior sensação de controle para o liderado. Esta rotina de trabalho no home office também deve conter os intervalos que são parte do cotidiano dentro da empresa como a pausa para o almoço.

A comunicação é outro item imprescindível quando falamos de home office, ainda mais agora em que muitos colaboradores que não são acostumados com a prática se viram diante desta urgência. Os líderes devem manter o diálogo com toda a equipe, dar os feedbacks, prestar o suporte necessário e tirar todas as dúvidas que podem surgir. Além disso, cabe destacar que é primordial oferecer a infraestrutura adequada para os colaboradores como a liberação de acesso para uso de ferramentas digitais e pastas compartilhadas, por exemplo.

Vantagens do home office

O home office traz uma série de benefícios para as empresas se for utilizado de modo que garanta a produtividade do colaborador sem afetar o seu engajamento. São alguns exemplos: a flexibilidade do horário de trabalho, a diminuição do stress causado pelo deslocamento da casa até a empresa, mais tempo com a família, etc.

Esta modalidade de trabalho hoje é sim um dos melhores caminhos, mas para que dê certo nos negócios é preciso não só levar em conta os aspectos econômicos e a produtividade do colaborador, o lado humano também deve ser considerado. Esta nova rotina que demanda o home office deve ser construída por líder e equipe tendo em vista o perfil de cada colaborador.

Forme líderes capazes de enxergar as potencialidade de cada um e alavanque a produtividade da sua empresa! Conheça já o meu treinamento online e dê a capacitação que os líderes da sua organização precisam. Ele é totalmente customizado e feito de acordo com as características de cada empresa que se tornam minhas clientes. Agende uma conversa comigo sem compromisso que nós encontramos a melhor solução.   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat