startup unicórnio

Startup unicórnio: existe algum caminho para atingir esse patamar?

Você sabe o que PagSeguro, iFoofd, Nubank, Loggi e Gympass têm em comum? Todas elas são exemplos raros de startup unicórnio em solo brasileiro e que se destacam nos seus segmentos pela inovação. Leia esse conteúdo e descubra como as empresas podem atingir esse patamar. 

O que significa o termo startup unicórnio?

Uma startup unicórnio é aquela que chega a um valor de mercado de US$ 1 bilhão. O termo leva o nome desse animal mitológico em função da raridade de empresas que conseguem atingir essa marca. O conceito foi criado por uma investidora americana chamada Ailen Lee, no ano de 2013. Atualmente, há pouco mais de 500 startups unicórnio pelo mundo. 

Já no Brasil, hoje são 11 empresas do tipo startup unicórnio que atuam em segmentos variados. Na lista há negócios do ramo de logística, transportes, tecnologia, financeiro, entre outros. No ano passado, o Brasil alcançou a terceira posição entre os países que mais “geraram” startups unicórnio – ficando atrás de Estados Unidos e China.

Como se tornar uma startup unicórnio?

O caminho para se tornar uma startup unicórnio abrange diferentes aspectos do negócio. Em primeiro lugar, uma startup unicórnio deve oferecer um serviço de excelência para o cliente e que gere valor para o seu público alvo. Os tomadores de decisão devem ter a visão e perspicácia para entender o mercado e investir nas áreas certas.

Se tornar uma startup unicórnio também demanda a busca constante pela inovação. Independente de segmento, todas as startups desse tipo oferecem novidades para os consumidores. Um dos principais objetivos é proporcionar uma boa experiência para o cliente sempre. 

Além disso, é fundamental que a startup unicórnio esteja de acordo com os termos jurídicos para crescer de forma saudável e atrair investidores. 

Como se manter na categoria de startup unicórnio?

O título de startup unicórnio não é vitalício, as empresas devem se manter atualizadas e em sintonia com as tendências atuais para continuar atraindo os seus clientes e se destacando no mercado. Além da inovação, o sucesso de uma startup unicórnio depende de como o negócio está inserido na sociedade e traz para dentro da empresa questões importantes. Aqui nós falamos do propósito social da marca.

Uma startup unicórnio presta atenção em lideranças igualitárias. Mulheres e pessoas não-brancas ocupam cargos executivos e de liderança. Há ainda a existência de uma cultura inclusiva que privilegia a diversidade. Uma outra preocupação de uma startup unicórnio é a privacidade e segurança dos dados dos usuários. 

A startup unicórnio também chama atenção por uma outra característica: a estética do espaço onde funciona a empresa. Geralmente, os escritórios apresentam uma atmosfera bem lúdica e descontraída. Algumas dessas startups têm geladeiras com cervejas para seus funcionários, salas para realização de atividades relaxantes como ioga, bonecos gigantes, etc. 

Quer começar a trilhar o caminho para se tornar uma startup unicórnio? Eu posso te ajudar a dar os primeiros passos e começar uma transformação profunda de dentro para fora. Sou especialista na construção de palestras, workshops e projetos educacionais diferenciados que levam em consideração o perfil de cada empresa. Também tenho ampla experiência corporativa e acadêmica, o que confere maior equilíbrio e assertividade às soluções. Vamos agendar uma conversa sem compromisso? É só clicar aqui! Estou te esperando para fazer “a mudança” na sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *